fbpx
quarta-feira, novembro 29, 2023

projeto mantido por

Anúncio

HomeMachine ConectaQuais são as cidades que não têm Uber no Brasil?

Quais são as cidades que não têm Uber no Brasil?

A Uber não disponibiliza abertamente todos os municípios em que o app não têm alguma operação, por isso, é necessário fazer um levantamento para descobrir.

Publicado em 02/08/2018 – Atualizado em 14/12/2022

Imagine o cenário!

Você chega em uma cidade, seja para uma viagem a passeio ou a trabalho, e precisa se deslocar para uma determinada região.

Se você mora em uma cidade maior, como eu, que estou falando aqui do Rio de Janeiro, é provável que sua primeira reação seja abrir o aplicativo da Uber. 

E se aparecer uma mensagem dizendo que o aplicativo não atua na cidade?

Uma breve história

Em julho, a gente foi acompanhar o lançamento da franquia da Ubiz Car lá em Nova Serrana, uma cidade no interior de Minas Gerais, com pouco mais de 100 mil habitantes.

Chegando lá, pra nossa surpresa, a Uber não operava, e a cidade era dominada pelos apps regionais.

Isso me deixou com uma pulga atrás da orelha. Se uma cidade com mais de 100 mil habitantes não conta com operação da Uber, quais são as principais cidades do Brasil em que a Uber não está?

A Uber o Brasil

A Uber chegou ao Brasil em março de 2014 e hoje conta com uma legião de motoristas e usuários.

Segundo os dados da própria empresa, ela possui mais de 1 milhão de trabalhadores cadastrados no Brasil e mais de 22 milhões de usuários.

Isso significa que aproximadamente 24% dos usuários da multinacional estão no Brasil.

Não é à toa que o país é o segundo maior mercado da empresa no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

A realidade é que ela se tornou parte do dia a dia de muitos brasileiros, que substituíram seus carros pelo app ou que começaram a trabalhar pela Uber em busca de alguma renda.

Se você mora em uma das cidades onde a Uber está presente, deve estranhar quando visita um local em que o app não chega.

Aliás, dentro mesmo de grandes cidades, há locais em que é muito difícil solicitar um veículo.

Agora imagine uma cidade toda sem o aplicativo?

As informações foram coletadas em outubro de 2022, por meio de simulações de viagens no próprio aplicativo e no site da empresa. 

Ao solicitar um veículo nesses locais, o aplicativo emite um alerta como esse:

Captura de tela do aplicativo da Uber

Também há ocasiões em que o app no lugar do botão de solicitar, coloca a mensagem “não há carros disponíveis”.

Captura de tela do aplicativo da Uber

Não sabemos precisar o que são exatamente esses casos, mas devido à repetição de vezes que a mensagem apareceu, incluímos esses municípios na contagem, pois, provavelmente, a Uber iniciou operação no local, mas não conseguiu criar uma frota suficiente para realizar o serviço.

Das 326 cidades que analisamos, 176 não contam com a operação da Uber.

As cidades analisadas são pólos, segundo definição do IBGE, e possuem entre 50 mil a 500 mil habitantes.

A cidade mais populosa em que a Uber não opera é Santarém, no Pará. Segundo estimativas do IBGE, a cidade conta com mais de 300 mil habitantes.

Em seguida, a gente tem Araguaína, no interior do Tocantins, com 180 mil habitantes.

Além de Santarém e Araguaína, as cidades populosas em que a Uber não está presente são Jequié, Barreiras e Garanhuns.

Em relação a divisão por estado, vemos que 26 destes municípios estão em Minas Gerais, 18 na Bahia e 15 no Rio Grande do Sul. Os demais municípios estão em outros 21 estados da federação.

Se você quiser saber quais são todas as 176 principais cidades em que a Uber não está presente, é só acessar o banner abaixo e solicitar o nosso mapa exclusivo.

Levantamentos anteriores: as cidades que não têm Uber no Brasil (2021)

No final de 2021, das 48 cidades que analisamos, acima de 80 mil habitantes em que a Uber não está presente, quase metade delas estão nos estados de Minas Gerais, Bahia ou Pará.

A cidade mais populosa em que a Uber não estava era Francisco Morato, na região metropolitana de São Paulo. Segundo as estimativas do IBGE, o município tem por volta de 175 mil habitantes.

Além de Francisco Morato, a outra cidade paulista na lista é Votuporanga.

Analisar cada uma dessas cidades é uma excelente oportunidade para você que quer empreender em uma das áreas que mais cresce no país.

Diversos são os casos de aplicativos regionais que fazem sucesso em suas cidades, conseguindo inclusive competir com as multinacionais.

Leva-se em conta características culturais locais, afinal, em certos lugares os passageiros preferem ter a segurança de usar um app local, com um motorista que conheça os atalhos da região.

Norte

  1. Altamira – PA;
  2. Parintins – AM;
  3. Tailândia – PA;
  4. Itacoatiara – AM;
  5. Itaituba – PA;
  6. Vilhena – RO;
  7. Manacapuru – AM;
  8. Cruzeiro do Sul – AC;
  9. Gurupi – TO;
  10. Redenção – PA;
  11. Cacoal – RO;
  12. Moju – PA;
  13. Coari – AM;
  14. São Félix do Xingu – PA.

Nordeste

  1. Bacabal – MA;
  2. Codó – MA;
  3. Teixeira de Freitas – BA;
  4. Paulo Afonso – BA;
  5. Valença – BA;
  6. Balsas – MA;
  7. Santa Inês – MA;
  8. Barra do Corda – MA;
  9. Quixadá – CE;
  10. Luiz Eduardo Magalhães – BA;
  11. Serra Talhada – PE;
  12. Guanabi – BA;
  13. Araripina – PE;
  14. Carpina – PE;
  15. Pinheiro – MA;
  16. Quixeramobim – CE;
  17. Serrinha – BA;
  18. Jacobina – BA;
  19. Iguatu – CE.

Centro – Oeste

  1. Cáceres – MT;
  2. Ponta Porã – MS;
  3. Sorriso – MT.

Sudeste

  1. Francisco Morato – SP;
  2. Passos – MG;
  3. Votuporanga – SP;
  4. Pará de Minas – MG;
  5. Itaúna – MG;
  6. Paracatu – MG;
  7. Caratinga – MG;
  8. Patrocínio – MG;
  9. Manhuaçu – MG;
  10. São João Del Rei – MG;
  11. Unaí – MG;
  12. Curvelo – MG.

Como trazer um aplicativo tipo Uber para uma cidade?

A Uber não trabalha com modelo de franquia, por isso, não é possível levar o app para uma cidade.

Porém, já há no mercado algumas soluções para implementar um app de transporte em determinado local. Entre elas, destacamos as plataformas white label e as franquias.

Uma plataforma white label é um sistema licenciado por uma empresa de tecnologia a um empresário que deseja construir algum tipo de negócio.

Quando falamos sobre uma plataforma white label de aplicativos de transporte, que é o caso de nós da Machine, estamos falando de uma tecnologia que engloba, geralmente, um app de transporte pré-pronto com algumas personalizações e um painel de gestão para o empresário configurar as tarifas, cadastrar os motoristas, analisar os dados da operação, ter controle do repasse financeiro e tudo mais que envolve esse tipo de serviço.

Já no modelo de franquias, a empresa licencia sua marca para um empresário local que deseja levar o negócio para a cidade.

Aqui na Machine, temos diversos clientes que comercializam franquias de seus apps de transporte para expandir suas operações para novas cidades, é o caso da Ubiz Car Brasil e da Chofer46.

Relacionadas

Escreva para nós

Últimas notícias